Por que "clepsidro-me"?!?!

Leia a primeira postagem e descubra!!! (clique aqui)







sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Por que "Clepsidro-me"?

Quando comentei com uns poucos amigos sobre a vontade de fazer um blog e o nome que ele teria, eles me perguntaram o motivo de escolher esse nome difícil.
Bem, não há "o" motivo, mas algumas ideias me ocorreram.
A primeria vez que ouvi a palavra clepsidra foi estudando o Camilo Pessanha, poeta português do início do século 20. O único livro que ele escreveu tem esse título. Os Simbolistas nem são meus preferidos, mas, não sei bem por que, esse me marcou muito. Acho que a sonoridade me impressonou.
Mas o que é clepsidra? É um relógio d'água. Tipo uma ampulheta, mas com água. Quem mora ou visita SP pode ver uma no Shopping Iguatemi.
Taí, essa ampulheta também marcou muito a minha adolescência. Achava lindo!! Enquanto minhas amigas queriam ficar andando no shopping, eu ficava numa boa olhando aquela água, aquele relógio enorme, tão misterioso quanto o tempo que ele marcava. Sempre fui fascinda pela água!!
A água me fascina pela beleza e pela força que ela tem. A força não tem só a ver com a violência com que às vezes ela se mostra (isso me assusta!), mas tem a ver com a sabedoria com que ela vai encontrando alternativas pra sua passagem. Se não dá de um lado, ela vai do outro e sempre consegue passagem.
A água também está sempre em movimento, ou deveria estar, pra não apodrecer. E na água foi início de toda vida. Tanto a vida do planeta quanto a vida de cada um de nós, na placenta. Então a água representa também a vida.
Esse blog tem a ver com isso: vida em movimento. É uma tentativa de registrar o movimento da vida, da minha vida. Sem grandes pretensões, só registrar pra que a correnteza não leve meus pensamentos e eu os perca pra sempre. E também pra que eu veja como a água/vida flui e quais os caminhos que ela cria!
Na clepsidra, a ideia é manter sempre a água em movimento, então eu me clepsidro, isto é, me mantenho sempre em movimento.
Você vem comigo? Nos clepsidramos, então?!?!?

PS:
- Obrigada, Paulo, pelo incentivo na criação do blog, sem ele acho que eu ainda estaria no projeto... rsrsrsrs
- Embora parte da inspiração venha do Pessanha, não quero o tom solene e pessimista dos poemas dele! Espero que o tom desse blog seja mais pras piadas do Oswald de Andrade, pro coloquialismo do Bandeira, pras cores do Gaudi, pros sambas do Noel Rosa e do Cartola e tantos outros de que gosto.

4 comentários:

  1. Guilherme Carregosa da Costa7 de dezembro de 2010 13:51

    Bonito texto...
    Clepsidroar-me-ei.
    Bj.

    Guigs

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu blog, gostoso de ler.
    viajei...
    bj jose goes

    ResponderExcluir
  3. hummmm....gostei do que li.Vida em movimento.
    Lindo.
    Abraço
    J.Carlos

    ResponderExcluir
  4. Dona Clepsidra,
    Muito interessante! eu desconhecia todas as suas informações. Quero só acrescentar que, além de todas essas virtudes, a água também nos transmite a ideia de purificação. A água simboliza a purificação e isso me fascina porque todo banho nos dá essa sensação deliciosa de purificação, renovação, limpeza e seu blog nos dá um banho de purificação, de renovação das ideias, do pensamento, da vivência... beijos, Helena Cecilia

    ResponderExcluir